"& alias vidi tractatum de fideiussoribus seu assecurationibus, Petro Santerna, Lusitano, Iureconsulto clarissimo autore", Benvenuto Stracca in "De mercatura decisiones, et tractatus varii, et de rebus ad eam pertinentibus in quibus omnium Authorum", 1556. /// Blogue dedicado ao 'Grande Direito Comercial', i.e., ao Direito dos Mercados e das Empresas // Bitácora dedicada al 'Gran Derecho Comercial/Mercantil', i.e., al Derecho de los Mercados y de las Empresas.

duminică, martie 12, 2006

"Europa debate substituto do código de barras"

Como dá conta um artigo da jornalista Isabel Gorjão Santos no Público de hoje, "Numa fila de supermercado, um comprador passa na caixa com um carrinho cheio e a conta é-lhe apresentada em poucos segundos. Não teve que tirar as compras do cesto para depois as voltar a arrumar, uma a uma. Todos os produtos estão identificados com uma etiqueta que é lida por radiofrequência. Este cenário deverá ser comum dentro de algum tempo e terá por trás a tecnologia RFID, que já provou a sua utilidade mas que levanta questões de privacidade. Por isso, a Comissão Europeia acaba de lançar um debate sobre o assunto.
RFID é a designação por que é conhecida a Radio Frequency Identification Devices, uma tecnologia que consiste em identificar produtos - ou mesmo pessoas - através de uma etiqueta que integra um pequeno emissor de rádio. Essas etiquetas possuem duas diferenças em relação aos códigos de barras: podem conter muito mais informação e podem ser lidas sem ser necessário colocá-las ao pé do dispositivo que faz essa leitura."
Em atenção ao seu interesse didático, este texto foi transcrito para o Santerna extenso.

Nota: A este propósito, tem especial interesse a Nota difundida na passada Quinta-feira pela Sala de Imprensa da U.E., a qual apenas está disponível em Língua Inglesa, Francesa, Alemã, Italiana, Espanhola e Polaca.

Un comentariu:

Alessandro_PPG spunea...

Muito bom o seu blog! Esta matéria sobre o código de barras e as outras matérias, são muito interessantes! Parabéns!